Blog do Mulheres de Esperança

Palavras são um reflexo

Susie Pek

Jogar conversa fora é um dos passatempos prediletos de muita gente. Alguns são verdadeiros mestres da conversa casual e conseguem passar horas só “batendo-papo”. O assunto pode ser iniciado com uma simples observação do clima, evoluir para o desempenho dos times de futebol na última semana, passar pela troca de memes favoritos do momento, cair no tema seriados e filmes – o que muitas vezes acaba gerando papos cabeça com as avaliações de comportamento dos personagens. E tudo isso em menos de uma hora!

 

Papear é bom. Faz parte da construção de relacionamentos. Esse processo da fala nos ajuda a elaborar o que estamos sentindo e entender o outro melhor. Até os mais quietos apreciam uma boa conversa de tempos em tempos.  Entretanto, é inegável que onde existem palavras, existem tropeços. E ninguém escapa deles. Aliás, tem dia que falamos pouco, mas conseguimos falar a coisa errada, na hora errada e para pessoa errada! Parece que nos levantamos da cama com uma única função: dar um fora atrás do outro.  Não tem como não pensar em “Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo!” (Tiago 3.2)

 

Nossas palavras têm impacto positivo ou negativo. Elas podem ferir ou curar, encorajar ou desanimar. E de uma coisa temos certeza, mesmo sendo um órgão pequeno, a língua vai nos pregar peças! Então, nada melhor do que estarmos com o coração cheio de conselhos e diretrizes para que usemos bem nossas palavras. E por falar em coração, é preciso lembrar que “a boca fala daquilo que está cheio o coração”. (Mat.12.34)

 

No livro de provérbios encontramos vários versículos sobre a língua e as palavras. Penso em Provérbios 12.18 que afirma “Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura.” A ênfase é para a língua dos sábios que traz cura. O mais bonito é que podemos receber sabedoria se pedirmos a Deus que a todos dá livremente. (Tiago 1.5).  

 

Nossas palavras são um reflexo do que nutrimos em nossas mentes e corações.  Por isso, minha oração por todos nós, é a mesma do salmista: “Que as palavras da minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis a ti, Senhor, minha Rocha e meu Resgatador!” Salmos 19:14

 

No amor do Senhor,

 

Susie Pek  - Coordenadora do Mulheres de Esperança RTM Brasil,  América Latina & Caribe

 

 

 

Compartilhe