Ao utilizar este site, você concorda com nossa política de privacidade.

Notícias RTM

Por meio de revista, Portas Abertas conta história de cristãos na Índia

Lucas Meloni

A Índia ocupa a 10ª colocação na Lista Mundial de Perseguição (LMP) 2022, elaborada pela missão Portas Abertas. A posição no topo do ranking evidencia o grande desafio missionário que existe no país, marcado pelo hinduísmo extremo. 

 

Para trazer a dimensão do que é ser cristão para um indiano, a Portas Abertas desenvolveu a revista Índia Ilustrada que traz histórias de pessoas que professam a fé em Cristo em meio a uma sociedade que adora milhões de outras divindades.

 

De acordo com a organização, os cristãos representam menos de 5% da população do país (estimada em 1,38 bilhão de pessoas).

 

Cada história é apresentada em detalhes e mostra o grau de violência ao qual muitos cristãos indianos estão sujeitos como, por exemplo, na história de Kusum (pseudônimo) que viu o próprio sogro levantar contra ela um machado da janela de sua casa. Isso porque o marido dela e o filho haviam morrido e os familiares do marido acreditavam que ela tinha trazido uma maldição à família ao se converter a Jesus.

 

Ao longo de sete histórias, o leitor pode aprender mais sobre a realidade dos cristãos perseguidos na Índia, algo pouco ou quase nada tratado abertamente.

 

Os extremistas hindus têm atacado cristãos de formas diferentes. Quando as vítimas são homens, é comum que sofram assédio verbal e sejam descartados de heranças. Em casos extremos, podem ser mortos. No caso das mulheres, elas correm o risco de ficarem em prisão domiciliar, casamento ou divórcio forçado, expulsão de casa ou até a morte.

 

Conheça mais sobre as histórias de cristãos indianos por meio da revista Índia Ilustrada.

Compartilhe