Blog do Mulheres de Esperança

Foco é tudo

Susie Pek

Essa semana inteira, o tema “foco” não saiu da minha cabeça. Pensamentos como: “Precisamos estar ‘inteiros’ naquilo que estamos fazendo.” “Devemos cuidar para não nos envolvermos com assuntos, que apesar de serem relevantes, vão nos desviar do nosso propósito.” “Cuidado com as distrações!” Ecoavam o tempo todo!

 

Pois bem; pouco antes de escrever esse texto, fui preparar uma receita que faço com frequência. Fiz tudo certinho, coloquei para assar e, uns minutos depois, senti um cheiro estranho.  Abri o forno e só de olhar percebi que exagerei num ingrediente. Na mesma hora, olhei pra colher que usei pra medir o fermento e logo me dei conta de que me distrai enquanto preparava a receita, e assim, errei a medida. Que ironia!

 

A distração me passou a rasteira mais uma vez, apesar de eu ter passado a semana inteira me inspirando em Neemias. Quando Neemias ouviu sobre a destruição dos muros de Jerusalém chorou, lamentou, jejuou e orou a Deus. Ele sonhou em restaurar os muros da cidade ao ouvir sobre a condição em que estavam. Uma cidade sem seus muros, era uma cidade vulnerável! Após buscar a direção do Senhor, Neemias desenvolveu uma estratégia e colocou a mão na massa.  Enquanto trabalhava com foco e determinação, se deparou com inimigos que tentaram de tudo para impedir que os muros fossem reconstruídos, mas Neemias manteve os olhos no Senhor por entender que só na sua força conseguiria sucesso, assim persistiu em sua missão. Em Neemias 4.14 lemos: “Não tenham medo deles. Lembrem-se de que o Senhor é grande e temível, e lutem por seus irmãos, por seus filhos e por suas filhas, por suas mulheres e por suas casas". Os desafios para que seu projeto fosse concretizado eram reais a atemorizantes, no entanto, não foram suficientes para impedir que a missão fosse cumprida.  Em Neemias 6.15-16 lemos assim: “O muro ficou pronto no dia vinte e cinco de elul, em cinquenta e dois dias. Quando todos os nossos inimigos souberam disso, todas as nações vizinhas ficaram atemorizadas e abateu-se o seu orgulho, pois perceberam que essa obra havia sido executada com a ajuda de nosso Deus!” 

 

Quando Neemias assumiu o projeto de reconstrução dos muros de Jerusalém, ele sabia que essa obra só poderia ser feita na força do Senhor. No entanto, ele entendeu seu papel nessa missão, não se distraiu e nem assumiu novas responsabilidades. Sua clareza e foco foram essenciais para uma obra bem-sucedida.  

 

"Assim eu quero que seja minha vida: olhos fitos no Senhor. Às vezes as distrações trazem contratempos, como minha receita, que não posso dizer se tive sucesso, mas acabou ficando gostoso. Quanto à vida, já não posso arriscar..."

 

No amor do Senhor,

 

Susie Pek – Coordenadora do Mulheres de Esperança RTM Brasil, América Latina & Caribe

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe