Blog do Mulheres de Esperança

O tempo não para

Susie Pek

“Um dia você é jovem, no outro sua vista está cansada!” A gente brinca, mas a verdade é que o tempo não para. E sua passagem é denunciada pelas mudanças que vamos sofrendo. Um bebê passa por muitas transformações em questão de meses. E essas mudanças nos acompanham a vida inteira e são notadas em todos os aspectos da nossa vida.

 

O tempo não para. A vida passa num piscar de olhos. E para muitas a sensação é de que ontem estavam com 20 anos e mal podem acreditar que já vão completar 70! “Foi tão rápido. Onde foram parar esses anos todos?” – é o que se perguntam.  Talvez, entre os 20 e 70, tenham parado para pensar nessa coisa louca, que é a rápida passagem do tempo, em momentos pontuais, como aniversários de virada de década. Ou, quem sabe, quando alguém indaga: “Se você pudesse voltar no tempo, o que faria diferente?” Essa pergunta é capaz de despertar uma profunda reflexão. São tantas histórias, emoções, experiências, viagens, brigas, reconciliações, arrependimentos e alegrias vividas ao longo dos anos. Em alguns momentos tivemos a sensação que apenas alguns meses equivaleram a 10 anos, e em outros, que alguns anos pareceram ser poucos meses. Será que fizemos boas escolhas? Será que usaríamos nosso tempo e talentos de outras formas se pudéssemos fazer tudo de novo? Tais reflexões nem sempre são frequentes, no entanto, elas nos ajudam a avaliar o rumo que nossa vida está tomando.

 

Gosto muito do trecho de Efésios 5.15-17: “Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus!” Tomar cuidado com a maneira que estamos vivendo requer prestar atenção às nossas escolhas, ações e decisões.  Nosso Deus é cuidadoso, e como um bom pai, ele nos ensina a viver. Ele deseja que nossos anos sejam vividos de maneira linda, de forma que, ao olharmos para trás, tenhamos boas histórias, memórias que trazem gratidão e a certeza de que andamos com Ele.

 

O Senhor sabe que a passagem do tempo pode ser assustadora até mesmo para os mais jovens. Ele conhece os medos e as preocupações que podem rondar mentes e corações quando o assunto é passagem do tempo. Um versículo bastante especial sobre esse tema está em Isaías 46.4: “Mesmo na sua velhice, quando tiverem cabelos brancos, sou eu aquele, aquele que os susterá. Eu os fiz e eu os levarei; eu os susterei e eu os salvarei.” Jesus é o mesmo ontem, hoje e sempre. Ele é fiel e sempre será. Ele nos ama hoje e amará amanhã também. Ele nunca nos deixará e nem nos desamparará.  Que o Senhor a abençoe e dirija cada um de seus passos. Que Ele a ensine a contar os seus dias, para que seu coração alcance sabedoria!

 

No amor do Senhor,

 

Susie Pek  - Coordenadora do Mulheres de Esperança RTM Brasil, América Latina & Caribe

 

Compartilhe